Nas Famílias de Acolhimento Temporário o amor pelos animais não tem limites

gatosP3

Por Mariana Correia Pinto

Os pulos de felicidade com a presença humana fazem parecer muito distante o cenário ali chegado há apenas quatro dias. A narrativa não é inédita para Luísa Rocha: em matéria de maus tratos a animais, já ouviu e testemunhou quase tudo. Ainda se espanta e revolta como nos primeiros dias mas, numa estratégia de auto-defesa, procura manter-se longe de pormenores. Há dias, quando aceitou acolher em casa cinco cães bebés a precisar de cuidados ao minuto, não pôde, no entanto, passar ao lado da história. Os cachorros recém-nascidos que entravam na casa dela naquele momento tinham sido fechados dentro de um saco de plástico preto e atirados de um carro em movimento. Vinham com patas e narizes “completamente estourados”. Um deles, “rebentado por dentro”, acabou por morrer passado 24 horas no colo da filha mais nova de Luísa. Os outros, recuperam aos poucos. Continuar a ler

PAN denúncia maus tratos a animais em corridas de galgos

logopanNotícias ao Minuto

O Partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) avançou esta quinta-feira com uma denúncia de crime público ao Ministério Público, devido à suspeita de graves maus tratos a animais envolvidos nas corridas de cães galgos.

Num comunicado enviado às redações, o partido salienta que esta é uma atividade de entretenimento humano que “representa um negócio altamente lucrativo que vive à custa da exploração da alta performance destes animais, pela exigência dos violentos treinos a que são sujeitos, com choques elétricos, administração de drogas estimulantes altamente prejudiciais para a sua saúde e um desgaste brutal”. Continuar a ler

“Pede-se a todos os passageiros que coloquem os seus animais a bordo”

5734fb07130000f00438178e-450x600Shifter

Por Mariana Dias

O brutal incêndio em Fort McMurray, no Canadá, que deflagra há mais de duas semanas, deixou centenas de milhares de pessoas desalojadas. Uma magnitude que pode ser vista do espaço face ao fumo que ainda se faz sentir.

Acontece que com as pessoas retiradas de casa vieram os seus animais… Cães, gatos, tartarugas e outros tantos seres vivos são parte da família e não foram deixados para trás, foram salvos por aqueles que os amam e estimam. Perante essa situação as companhias aéreas que participaram nas acções de evacuação – a Canadian North e WestJet – agiram do modo mais “ilegal” e bonito possível: animais e respectivos donos, juntos, nas cabines dos aviões. Continuar a ler

Papa lamenta quem sente compaixão por animais e indiferença pelo vizinho

pope-francis-wears-a-sheepDN

Nota de Redação: Da nossa parte, que nunca vimos pessoas que cuidam de animais e deixam sem ajuda uma pessoa que passa fome, lamentamos que o Papa esteja entre os que acham que há uma qualquer incompatibilidade entre a empatia com animais não humanos e a empatia com humanos.

“Quantas vezes vemos pessoas que cuidam de gatos e cães e depois deixam sem ajuda o vizinho que passa fome?”, questionou o Papa em audiência este sábado

O papa Francisco lamentou hoje que algumas pessoas sintam compaixão pelos animais, mas depois mostrem indiferença perante as dificuldades de um vizinho, numa reflexão sobre o conceito de “piedade” durante uma audiência geral na Praça de São Pedro. Continuar a ler

Estatuto jurídico próprio dos animais reuniu consenso no Parlamento

proteção-dos-animaisNotícias ao Minuto

O mesmo consenso não se verificou na discussão dos projetos de lei de PS, BE e PAN para agravar o regime sancionatório aplicável aos crimes contra animais, com PSD, CDS-PP e PCP a manifestarem reservas e os sociais-democratas, através de Carlos Abreu Amorim, a consideraram que os diplomas têm uma “agenda escondida” – numa referência a atividades pecuárias, à caça e às corridas de touros – e são extremistas.

No primeiro debate sobre os diplomas do PS, PSD, BE e PAN para a atribuição do regime jurídico dos animais, Carlos Abreu Amorim já tinha deixado alguns ‘avisos’, sublinhando que os sociais-democratas não têm “como tradição fazer com que a legislação seja peregrina e fraturante para educar o povo”. Continuar a ler

Direção da Liga Contra o Cancro nos Açores demite-se em bloco

antitouradaDN

A direção do Núcleo Regional dos Açores (NRA) da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) decidiu apresentar a demissão em bloco, depois da LPCC ter cancelado uma tourada de praça para angariação de fundos agendada para 29 deste mês, na ilha Terceira, numa iniciativa organizada conjuntamente por aquele núcleo, pela Tertúlia Tauromáquica Terceirense (TTT) e pelo Grupo de Forcados Amadores da TTT.

Em declarações ao Açoriano Oriental, o presidente do Núcleo Açores da LPCC não confirmou nem desmentiu a demissão em bloco da respetiva direção, remetendo as explicações sobre o assunto para uma conferência de imprensa que se vai realizar em Angra do Heroísmo. Porém, ao que foi possível apurar, Gonçalo Forjaz terá avançado mesmo para o pedido de demissão, em sinal de protesto pela posição tomada pela direção nacional da Liga Portuguesa Contra o Cancro, que em recente comunicado assumiu ter dado instruções ao núcleo regional para cancelar a dita tourada, programada com o objetivo de angariar fundos para a criação de uma bolsa de investigação em oncologia. Continuar a ler

Ser vegetariano desde pequenino? “Os meus filhos são dos mais altos da turma”

lisa vegetarianaI

Gabriela Oliveira acaba de publicar “Cozinha Vegetariana para bebés e crianças”, resultado das suas investigações enquanto jornalista e mãe

Croquetes de amêndoa e brócolos, creme de grão e batata-doce, mousse de alfarroba e chocolate. Gabriela Oliveira, vegetariana desde os 19 anos, garante que os filhos não torcem o nariz a estes petiscos e ainda nunca lhe pediram para provar carne. Licenciada em comunicação social, investiga o tema há mais de dez anos e publicou agora um livro com receitas e dicas importantes para os pais que estejam a equacionar iniciar um modelo de alimentação vegetariana. O i conversou com a autora e faz um apanhado de algumas dicas e propostas alternativas à papinha de pacote ou à sopinha com borrego. Continuar a ler