Cães detectam outros animais infectados com parasitas a quilómetros de distância

Público

Por Fábio Monteiro

Dois cães treinados por uma equipa de investigadores conseguiram detectar outros animais doentes com sarna que se encontravam a quilómetros de distância no meio dos Alpes italianos. Após 15 anos de investigação, os resultados foram esta semana publicados na revista BMC Veterinary Research.

De acordo com os investigadores, esta técnica pode ser utilizada para prevenir e controlar doenças causadas por parasitas em animais, tais como a sarna, e abre o caminho para a aplicação em casos humanos. Continuar a ler

Marfim, a sentença de morte dos animais em África

TVI

A caça furtiva a animais em África não pará de aumentar. No ano passado, o número de elefantes caçados, em busca de marfim, foi o maior de sempre. Um relatório recente vem por a nu a violência do homem nas selvas africanas e as consequências para a vida animal.

Moçambique, Laos e Vietname são dos países que menos combatem o tráfico ilegal de elefantes, rinocerontes e tigres, de acordo o um estudo levado a cabo pelo Fundo Mundial para a Natureza [World Wide Fund – WWF na sigla em inglês], que envolveu 23 países. Continuar a ler

Rei de Espanha afastado da presidência do WWF

Público

Por Hugo Torres

A assembleia extraordinária da filial espanhola do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, na sigla em inglês), convocada para este sábado, tinha como único ponto de discussão a destituição ou não do rei Juan Carlos do cargo de presidente honorário. E os sócios da organização decidiram mesmo afastar o monarca espanhol daquele cargo honorífico, que ocupava desde 1968.

Em causa estava o polémico safari feito por Juan Carlos no Botswana, em Abril, na qual tomou parte numa caçada de elefantes e, após uma queda, acabou por ficar ferido. O rei de Espanha fracturou a bacia, teve de ser submetido a uma operação, mas a estadia no hospital não impressionou os defensores dos direitos dos animais, que muito o criticaram. Continuar a ler

Gorilas juvenis foram observados a destruir armadilhas de caçadores furtivos

Público

Por Fábio Monteiro

Esta semana, conservacionistas da fundação Dian Fossey Gorilla observaram um grupo de gorilas da montanha juvenis a fazer algo nunca antes registado: a destruírem armadilhas de madeira colocadas por caçadores furtivos.

“Sabíamos que os gorilas faziam isto, mas todos os casos até agora relatados foram realizados por gorilas adultos. Hoje, dois juvenis trabalharam juntos para “desactivar” duas armadilhas. Isso demonstrou uma impressionante habilidade cognitiva “, disse Verónica Vecellio, directora da fundação Dian Fossey Gorilla, na página online da fundação. Continuar a ler

Projeto obriga empresas a informar testes com animais

Bonde

O projeto de lei do deputado federal Ricardo Trípoli (PSDB-SP), que obriga os fabricantes de cosméticos a identificar nos rótulos dos seus produtos informações sobre testes com animais, é uma das bandeiras levantadas pela ONG Pense Bicho. O presidente da ONG e integrante do Comupa (Conselho Municipal de Proteção Animal de Curitiba), Aurélio Munhoz, defende em um primeiro momento a aprovação do projeto, que tramita na casa há cinco anos, mas que por desinteresse dos parlamentares, ainda aguarda votação.

“Embora muitas empresas afirmem que já não utilizam mais animais para estudos, a falta de transparência é evidente, pois a maioria dessas embalagens não traz esta importante informação. Mas não podemos ficar restritos apenas a divulgação do uso de cobaias ou não em testes. Precisamos também definir as regras de transição que possibilitem, em um futuro próximo, abolir essas experiências com animais no país”, alerta o presidente da Pense Bicho. Continuar a ler

Evidências científicas da consciência e sofrimento dos animais despertam necessidade de os respeitar

Estadão

Por Sérgio Augusto

Muita saliva e tinta de teólogos, biólogos e humanistas foram gastas para sacramentar a noção de unicidade dos humanos. O conceito de que só o homem é dotado de determinadas capacidades cognitivas, fonte e seiva da linguagem, da cultura e outras habilidades igualmente exclusivas, como, por exemplo, levantar hipóteses, discuti-las e testá-las, continua incontestado. A despeito do que os animais possam criar e manipular, somos os únicos seres vivos capazes de escrever um romance, pintar uma obra-prima, inventar aparelhos engenhosos e montar um mensalão ou um cartel de drogas.

Mas não os únicos dotados de inteligência, sentimentos e outros atributos ditos humanos. Algumas espécies do reino animal também possuem consciência, reiterou um grupo de cientistas recentemente reunidos em Cambridge, na Inglaterra. Continuar a ler

Domingo de feira em Lousada marcado por manifestação contra a tourada

Este domingo, cerca de uma centena de pessoas responderam à convocatória para uma manifestação contra a tourada prevista para o dia 29 de julho, na Lousada. As associações ANIMAL, Senhores Bichinhos e Midas também se associaram ao protesto. O apelo veio de ativistas locais que se indignaram por ver a sua cidade manchada com um espetáculo violento e sangrento.

A tourada está a ser organizada por João Oliveira, empresário taurino da Póvoa de Varzim. Em 2009, este empresário organizou uma tourada a favor de uma criança com paralisia cerebral mas no fim a família da criança não só não recebeu um cêntimo da receita de bilheteira como ficou sem os 2000 euros que tinha adiantado ao empresário. Os pais da criança acabaram por apresentar uma queixa-crime contra o empresário (notícia do JN), que terá ainda deixado um rastro de dívidas a várias entidades, incluindo a GNR (notícia da RTP). Continuar a ler