HBO sofre processo por morte de animais na série Luck

luck-hbo-400x592Terra

O canal americano HBO vai enfrentar um processo judicial por ter encoberto o tratamento negligente que resultou na morte de três cavalos, usados nas gravações da série “Luck”. As informações são do site The Hollywood Reporter.

O processo foi iniciado por Barbara Casey, ex-diretora de produção do departamento audiovisual da American Humane Association (Associação Humana Americana, conhecida pela sigla AHA), que monitorava o tratamento dos animais no cinema e na TV.

A série foi cancelada em março de 2012 diante da pressão que sofreu de instituições protetoras de animais, após a terceira morte de um cavalo ocorrer em seus bastidores. Escrita por David Milch (criador de “Deadwood”), “Luck” contava a história de um ex-detento, interpretado por Dustin Hoffman, condenado por lavagem de dinheiro em cassinos e corridas de cavalos, que retornava em busca de vingança. Os produtores da atração, David Milch e Michael Mann (diretor de “Inimigos Públicos”) apoiaram a decisão do canal e, em nota oficial, explicaram que todas as medidas necessárias foram tomadas para garantir a segurança dos animais.

Agora, novos documentos apresentados pela denunciante e memorandos da American Humane Association buscam provar que a produção violou normas da AHA e leis da Califórnia contra a crueldade animal. Acusa-se, por exemplo, que os cavalos não foram bem alimentados para que se economizasse dinheiro.

Os documentos comprovariam que o treinador dos animais permitiu maus tratos aos cavalos com o conhecimento do veterinário da produção. Ele teria colocado um cobertor num cavalo para cobrir as costelas expostas que evidenciavam a falta de alimentação apropriada. Cavalos despreparados teriam sido usados para as cenas de corrida, colocando em risco a vida do jóquei e do animal. Além disso, o uso de tranquilizantes era adotado regularmente para manter os cavalos dóceis. De acordo com o processo, as identificações nos animais também eram trocadas propositalmente, para que a associação não pudesse traçar seus históricos veterinários.

Além do canal e da produtora Stewart Productions, responsável pela série, Barbara Casey também está processando a associação, onde trabalhou durante 13 anos. Segundo ela, a organização a demitiu depois que ela tentou denunciar os maus tratos aos cavalos.

Para Casey, havia diversos abusos contra os animais durante as filmagens, que a HBO conseguiu encobrir ao pressionar a associação, no intuito de agilizar a produção e economizar tempo e dinheiro.

A HBO emitiu comunicado oficial dizendo que tomou “todas as precauções” para garantir bom tratamento aos animais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s