Pelo quinto ano consecutivo, o México pôs-se na pele do touro!

P03-21451Animanaturalis

No domingo, a 3 de fevereiro, no Monumento à Revolução da Cidade do México, centenas de ativistas, seminus e ensanguentados, representaram a dor e a morte que sofrem os touros vítimas da tauromaquia no país. O ato, liderado pela Dra. Leonora Esquivel Frías, fundadora da AnimaNaturalis Internacional, tem como objetivo chamar a atenção da sociedade, dos políticos e dos meios de comunicação sobre a urgente necessidade de abolir espetáculos cruéis e sangrentos em que se tortura um animal até à morte.

“Na pele do touro” é o maior protesto contra a tauromaquia e realizou-se pelo quinto ano consecutivo no México, com a participação de mais de 1,000 pessoas. Simultaneamente, ativistas seminus formaram uma vala humana envergando cartazes e símbolos a favor da abolição da tourada. Também se distribuiram folhetos informativos entre os cidadãos que circulavam na zona, com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre este importante tema.

O ano de 2012 foi histórico para a causa antitauromaquia no México, dado que em julho o Município de Teocelo, Veracruz, se converteu na primeira autarquia do país a proibir qualquer tipo de evento taurino.

No Distrito Federal foi aprovada recentemente uma reforma do Código Penal graças à qual os maus-tratos e o assassínio de animais de companhia ou de rua foi tipificado como delito. A capital da república tem agora a oportunidade dar o exemplo de avanço no respeito para com os animais e na luta para erradicar a violência, proibindo a tauromaquia.

“O México é um país marcado pela violência, pelo que fazer dela um espetáculo atrasa o nosso caminho em direção a uma cultura de paz e respeito por outras formas de vida”, declarou a Dra. Leonora Esquivel. A proibição das touradas seria um exemplo de coerência na luta contra a violência, que tanto interessa aos governantes do México.

Além da cada vez mais numerosa participação de ativistas, o ato efetuado obteve uma excelente cobertura mediática e apoio por parte dos cidadãos, o que demonstra que o México segue na linha dianteira da luta contra a tauromaquia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s