Município de Alenquer oferece terreno de 8.300 m2 e instalações na Quinta do Brandão a associação tauromáquica

Pelos Touros Vivos

A Câmara municipal de Alenquer espoliou património público, cedendo terreno de 8.300 m2 e instalações para o Clube Tauromáquico Alenquerense, por um período de 75 anos, com isenção de qualquer contrapartida!

Não obstante as dificuldades financeiras do município de Alenquer exigirem uma gestão criteriosa e responsável do património público, a câmara municipal realizou um protocolo em que procedeu à cedência ao Clube Taurino Alenquerense de um terreno com 8.300 m2, situado na Quinta do Brandão, por um período de 75 anos, isenta de qualquer contrapartida pecuniária. A minuta do protocolo foi aprovada pela câmara em 9/11/2009, conforme consta na respectiva acta da reunião.

Apesar de inúmeras instituições da cultura e da solidariedade social na área do conselho de Alenquer enfrentarem dificuldades a todos os níveis, a câmara municipal de Alenquer teve como prioritário o apoio à indústria de tortura de bovinos para diversão.

Como um terreno de 8300 m2 é pouco para a decadente indústria tauromáquica, que vive à custa do dinheiro dos contribuintes, a câmara de Alenquer resolveu fazer também a cedência de instalações para abrigar o “pobre” Clube Taurino Alenquerense. Com efeito, a câmara municipal resolveu ceder à referida associação tauromáquica parte do edifício de adega da Quinta do Brandão (Alenquer), com uma área de 90 m2, também por um período de 75 anos. A Cedência do direito de utilização deste bem do domínio público foi aprovada pela câmara em 08/02/2010, constando da acta da reunião da câmara da mesma data.

Os portugueses, especialmente os munícipes de Alenquer, foram espoliados ilegitimamente de bens públicos – propriedade de todos – em benefício dos interesses particulares de uma associação promotora da violência gratuita contra bovinos. Foi negado o direito de várias gerações de portugueses em obter qualquer tipo de utilidade pública decorrente desses bens que foram açambarcados pela indústria tauromáquica.

A câmara de Alenquer ao serviço da “Suicide Squad” do concelho – o Grupo de Forcados Amadores do Clube Taurino Alenquerense

Uma “Suicide Squad” ou brigada suicida, designação dada aos grupos de forcados em alguns países, é algo que não deveria merecer o apoio de uma entidade pública de bem. No entanto, a câmara municipal de Alenquer não vê as coisas dessa forma e está determinada em apoiar os jovens do concelho que arriscam a vida a atacar bovinos feridos em nome de causa nenhuma. Por isso, dos milhares de euros “estourados” pela câmara de Alenquer em apoios à indústria tauromáquica, parte destina-se a subsidiar o grupo de forcados directamente, num claro sinal de apoio aos ataques em grupo perpetrados pelos forcados contra animais a esvaírem-se em sangue. Isto para não falar na probabilidade de acontecerem acidentes graves com os jovens que se atiram contra os animais. Mas a câmara parece viver bem com esse risco. Se algum forcado ficar paralítico ou morrer, faz uma homenagem, ou coisa parecida, e resolve o problema.

Para além dos apoios financeiros, outros tipos de benesses têm sido atribuídas ao Grupo de Forcados. Entre esses favores encontra-se a cedência de uma sala da antiga escola primária das Paredes ao Grupo de Forcados de Alenquer, que consta na acta da reunião da câmara de 27/06/2011, e a cedência do pavilhão da Chemina, que serviu de dormitório para forcados mexicanos, tal como está descrito na acta da reunião da câmara de 03/10/2011.

Todas estas oferendas generosas à indústria tauromáquica são uma fraude ao interesse público. Os portugueses foram espoliados pela câmara municipal de Alenquer, para beneficiar a indústria tauromáquica.

Como diria Vasco Morgado, forcado fundador do Grupo de Forcados Amadores das Caldas da Rainha, “foram bebedeiras de ânimo integral”.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s