Vídeo da semana “Green”

O documentário vencedor de vários prémios internacionais, “Green“, mostra a história de uma orangutanga vítima da desflorestação na Indonésia, alimentada pelo negócio do óleo de palma. Este negócio tem-se expandido à custa da procura de “biocombustíveis” e de gorduras baratas para uso em alimentação e cosméticos. O filme pretende mostrar a realidade que a indústria do óleo de palma tenta esconder, recorrendo ao ponto de vista de um animal que fica sem casa quando uma floresta é destruída.

Semanas Académicas de Leiria sem Garraiadas

Garraiada_F_LAvaaz

Está cientificamente comprovado que os bovinos, enquanto sencientes, têm a capacidade de experienciar sofrimento físico e psíquico e ter percepções conscientes do que lhes acontece e do que os rodeia. Nas garraiadas académicas, o sofrimento começa na captura e preparação das vítimas. Continua durante o transporte, causador de pânico e perda de peso. Prossegue com os estudantes a assustarem, esgotarem e lesionarem as vítimas. Continua na recolha, transporte, etc. Numa garraiada académica em Vila Real, uma bezerra morreu por quebra de pescoço! As AE devem posicionar-se contra estas práticas que envergonham as festividades académicas. As universidades devem tentar formar cidadãos que se pautem por princípios de civilidade, e agir contra estes eventos anti-educativos que mancham o seu bom nome. As cidadãs e os cidadãos abaixo assinados vêm apelar a V. Exas. para que seja cancelada a garraiada académica da SAL 2013 e para que não se incluam mais garraiadas nas semanas académicas.

Subscrever a petição

O luto dos animais

lutoIsto É

Por Juliana Tiraboschi

Harper e Kohl eram amigos inseparáveis. Por causa de uma fratura mal curada, Kohl não caminhava direito. Quando parou de andar e a dor se tornou insuportável, foi sacrificado. Harper assistiu ao procedimento, deitou-se ao lado do corpo e lá permaneceu por horas. Durante semanas, Harper ia todos os dias ao local favorito da dupla, perto de uma lagoa em Watkins Glen, nos Estados Unidos. Quando as pessoas se aproximavam, ele ficava arredio e assustado. Depois de dois meses, Harper também morreu. Essa história, que descreve emoções muito humanas como tristeza e medo, aconteceu com dois patos e foi a que mais impressionou a antropóloga americana Barbara King durante suas pesquisas para o recém-lançado livro “How Animals Grieve” (Como os Animais Ficam de Luto), sem versão em português. Continuar a ler

Brasil: Projeto que proíbe venda de animais em pet shops é aprovado

cao gatoA Tarde

Por Alan Tiago Alves

O Projeto de Lei que proíbe a venda de animais em Pet Shops de Salvador foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal de Vereadores, nesta quarta-feira, 24. A proposta, do vereador Marcell Moraes (PV), ainda precisa ser sancionada pelo prefeito ACM Neto, o que, segundo o vereador, deverá acontecer entre quinze a noventa dias.

Caso o projeto vire lei, os Pet Shops têm até 120 dias para se adequarem às novas regras e ficam proibidos de comercializar animais de estimação. A compra somente será permitida em canis credenciados. Continuar a ler

Animais de famílias em risco em Lisboa têm ração gratuita na associação Animalife

caoegatoPT Jornal

Uma vez por mês, os donos de animais que estejam em situação de risco podem recorrer à ajuda da Animalife, isto no concelho de Lisboa. A associação fornece a ração, mas para manter o projeto necessita de ajuda: precisa de pelo menos uma tonelada de alimentos por mês.

Para que a crise das pessoas não tenha reflexos nos animais de estimação, a associação Animalife lançou, em Lisboa, o “Programa de Apoio a Famílias em Risco”. Uma vez por mês, na última sexta-feira, os beneficiários podem ir levantar ração gratuita na sede da entidade.

O programa é destinado a pessoas que façam prova de uma de quatro condições sociais: idosos com baixas reformas, sem-abrigo, desempregados inscritos no centro de emprego e subsidiários do rendimento de inserção social. Continuar a ler

Pintar animais: Flórida vota regresso da proibição mas permite ‘decorar’ cães e gatos

gatopintadoPT Jornal

No estado da Flórida, dos EUA, desde o ano passado que é permitido pintar animais. A lei pode ser revogada com a proposta da senadora Maria Sachs, já aprovada pelo Senado estadual. O problema é que o diploma exclui desta proteção os cães e os gatos, que podem continuar a ser ‘decorados’.

O estado norte-americano da Flórida permite, desde o ano passado, que alguns animais, como cães, coelhos e pintainhos, sejam pintados com tintas. A autorização surgiu por pressão dos donos de lojas de animais, que prendiam aumentar as vendas de coelhos coloridos na época da páscoa ou de cães pintados de verde no dia de São Patrício, muito festejado pelos norte-americanos de ascendência irlandesa. Continuar a ler

Moçambique: Rinoceronte extinto no Parque Nacional do Limpopo

rinoceronteÁfrica 21 Digital

A extinção de rinoceronte ainda não foi declarada oficialmente no PNL, mas os animais que existiam naquela área desapareceram há dois anos. O censo realizado em princípios de 2011 concluiu haver ainda um animal naquele local de conservação, mas o mesmo desapareceu ainda no mesmo ano.

As autoridades do Parque Nacional de Lipompo (PNL), em Moçambique, admitem já não existir mais nenhum rinoceronte naquele local de conservação localizado na província de Gaza, sul do país, e que faz parte da área que constitui a maior reserva natural do mundo.

A extinção desta espécie protegida em todo o mundo deve-se a acção devastadora de caçadores furtivos que nos últimos anos tomou contornos alarmantes, facto associado a alegada grande procura dos cornos deste animal nos mercados asiáticos. Continuar a ler