McDonald’s novamente envolvido em escândalo de crueldade com animais na América Latina

mcdonaldsVista-se

No começo do ano, a rede norte-americana McDonald’s lançou uma campanha audaciosa que pretendia mostrar de onde vem a carne dos hambúrgueres que eles vendem (relembre aqui). O alvo da campanha foi a América Latina. Nos filmes publicitários, atores apresentavam toda a cadeia produtiva da carne com imagens bucólicas e conteúdo leve e agradável – exatamente o oposto à realidade. O marketing do McDonald’s coletou depoimentos falsos de produtores e fez um belo trabalho de enganar o público.

A ONG “Elige Veganismo” (Escolha Veganismo), do Chile, resolveu ir atrás dos produtores que a campanha chilena do McDonald’s mostrava na TV. Como era de se esperar, os ativistas encontraram um cenário completamente diferente do sugerido nas propagandas.

Animais doentes, sujos, humilhados, espancados e sofrendo todo tipo de abuso são, na realidade, o principal ingrediente dos hambúrgueres do McDonald’s. Com câmeras escondidas, os investigadores conseguiram entrevistas impressionantes sobre os processos das fazendas que fornecem carne à rede de lanchonetes.

Intitulada de “Más allá de la hamburguesa” (Além do hambúrguer), a investigação da ONG faz uma referência à campanha do McDonald’s que, no Brasil, saiu com o nome de “Além da cozinha”.

O publicidade da campanha no Chile cita duas fazendas produtoras como parceiras no fornecimento de carne: “Rinconada” e “San Ricardo”. Com câmeras escondidas, os ativistas entrevistaram funcionários das duas fazendas que garantiram que não fornecem para o McDonald’s e que apenas permitiram que a rede gravasse a campanha em suas terras. A filha do dono de uma das fazendas, inclusive, disse que a carne de hambúrgueres vem de vacas doentes, compradas a preço baixo em leilões do setor e também de bezerros que não estão se desenvolvendo como o esperado ou que são descartados da indústria do leite.

No site da denúncia (www.masalladelahamburguesa.com), os ativistas alegam que não esperavam que o McDonald’s mentisse até nisso. Intrigados, chegaram ao único matadouro autorizado a fornecer carne à rede dentro do Chile, o matadouro Mafrisur.

Após dias de espionagem, a ONG Elige Veganismo coletou material suficiente para fazer um pequeno documentário, que você assiste abaixo. Os ativistas registraram a chegada das vacas doentes, vindas de fazendas leiteiras, e de bezerros assustados. Tratados como lixo dentro do Mafrisur, os animais apanham na cara o tempo todo, são chutados, espetados e humilhados de todos os jeitos para que andem em direção à sua morte.

Assista ao vídeo | Youtube

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s