Subsídios às touradas discutidos no Parlamento Europeu

antitouradaDa Redação

Todos os anos, pelo menos 130 milhões de euros de fundos da Política Agrícola Comum acabam nos bolsos de ganadeiros que criam touros de lide. A denúncia partiu de eurodeputados/as do Estado Espanhol Alfred Bosch (Esquerda Republicana da Catalunha), Ramón Tremosa (Convergência e União), Raül Romeva (Iniciativa por uma Catalunha Verde) y Ana Miranda (Bloco Nacionalista Galego).

O relatório “Touradas e impostos. Subsídios do Estado Espanhol e da UE para a tauromaquia e a criação de touros” (PDF) mostra como fundos destinados à criação de emprego e ao desenvolvimento da economia são esbanjados na tortura de touros. No seguimento da denúncia, os/as eurodeputados/as enviaram uma carta ao Comissário Europeu para a Agricultura, Dacian Ciolos, que foi também subscrita por outras/os eurodeputadas/os de outras bancadas (PDF).

A tourada é uma tradição em decadência, tendo cada vez menos gente nas bancadas. Sendo um espetáculo caro, sobrevive sobretudo à custa de subsídios públicos, da parte de instituições europeias, nacionais e locais. Quando estes subsídios acabarem, a tourada não conseguirá sobreviver por muito tempo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s