França: Ex-autarca condenado por morte em tourada

toureiroDa Redação

Raymond Faro, ex-Presidente da Câmara de Boujan, foi acusado, conjuntamente com um dos seus assistentes, de homicídio involuntário. Em causa está a morte de um homem, a 4 de agosto de 2007, durante uma tourada.

O acidente ocorreu quando um novilho, de 450 kg, pulou a barreira da praça de touros desmontável. O touro acabou por albaroar dois homens, tendo um deles morrido como consequência.

O advogado da vítima argumentou em tribunal que os procedimentos de segurança necessários não foram tomados. Pior, em atitude de claro desrespeito, a novilhada continuou mesmo depois do acidente.

Os dois arguidos foram condenados a pagar 25 mil euros à viúva da vítima e 11 mil a cada um dos seus filhos. A notícia é da Midi Libre.

O novilho que investiu sobre a bancada foi morto no local por um toureiro. Assim, o acidente causou duas vítimas mortais, vidas que nunca poderão ser recuperadas. Esperar que estes acidentes deixem de acontecer é ilusório, já que a tourada é violenta e a violência gera violência. Mas certamente que a decisão do tribunal, sem paralelo no nosso país, será mais uma acha na fogueira da polémica em torno da tourada em França, um espetáculo cada vez mais impopular.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s