Movimento pró-tourada de Viana adia corrida de domingo para Setembro

viana antitouradaPorto Canal

O movimento “Vianenses pela Liberdade”, que pretendia realizar uma tourada no domingo, anunciou, hoje, nas redes sociais, que a corrida foi adiada para 07 de setembro “devido a problemas administrativos criados pela Câmara de Viana do Castelo”.

“Devido a problemas administrativos criados pela Câmara Municipal de Viana do Castelo este movimento vem comunicar o adiamento da corrida para o próximo dia 07 de setembro no mesmo local, à mesma hora e com o mesmo cartel”, lê-se no comunicado divulgado na página do facebook do movimento de aficionados.

A autarquia rejeitou, sexta-feira, “liminarmente” o pedido de licenciamento para a instalação de uma praça amovível para a realização de uma tourada no domingo, alegando “incumprimento formal do processo”.

“A Câmara Municipal de Viana do Castelo informa que se viu obrigada a rejeitar liminarmente o requerimento apresentado para a realização de um espetáculo tauromáquico em arena amovível no próximo domingo por incumprimento formal da lei em vigor, nomeadamente dos decretos-lei número 189 e 268 de 29 de setembro de 2009”, lê-se no comunicado enviado sexta-feira à imprensa.

De acordo com fonte autárquica contatada pela Lusa os organizadores da corrida de touros “não apresentaram cópia da apólice de seguro de acidentes pessoais”, um elemento “fundamental, exigido por lei”, para o licenciamento deste tipo de espetáculos.

Hoje, através das redes sociais, o movimento local de aficionados acusou o autarca socialista José Maria Costa de “continuar a agir de má-fé, a cometer ilegalidades e a atacar os direitos e liberdades dos cidadãos de Viana do Castelo, envergonhado a cidade”.

O grupo garantiu ainda que “a legalidade e a liberdade serão repostas no dia 07 de setembro com a terceira corrida da “Liberdade”, acrescenta o documento”.

Para os aficionados que tinham adquirido bilhete a organização diz que são válidos para a nova data da corrida de touros.

Já os que pretendam a devolução do dinheiro, explicou, deve fazê-lo no local onde fizeram a compra.

Este movimento foi criado em 2009, depois de a câmara ter aprovado, por proposta da maioria socialista, uma declaração afirmando Viana como “anti-touradas”, prevendo não autorizar qualquer evento deste género em terrenos públicos ou privados desde que tal dependesse de decisão do município.

A tourada agora adiada estava inicialmente marcada para domingo, último dia das festas da Senhora da Agonia em terrenos privados na freguesia de Darque, na margem esquerda do rio Lima, numa área conhecida localmente como a “Seca do Bacalhau”.

Em 2012 e 2013 as touradas realizadas em Viana do Castelo foram promovidas pela Prótoiro, federação de associações taurinas.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s