Primeiro hospital veterinário solidário abriu portas

SOS AnimalBlasting News

Sandra Duarte Cardoso abriu ontem o primeiro Hospital Veterinário Solidário na Estrada Paço do Lumiar, lote R4, loja A 1600-545, em Lisboa. Este hospital irá funcionar das 9 às 21 horas (de segunda-feira a sábado) e irá ainda dispor de um horário de urgência de segunda-feira a domingo, das 21 às 9 horas. A construção deste hospital demorou cerca de três anos e meio. As obras, devido às más condições do local, e devido aos poucos financiamentos, foram feitas “aos poucos”. Foram financiadas por ações pontuais, por doações e ainda pela própria família de Sandra. Após a conclusão das obras foi necessário esperar mais de 9 meses para a Ordem dos Médicos Veterinários dar luz verde à sua abertura. Isto é, foi passada uma acreditação do responsável para a tão esperada abertura do Hospital Veterinário Solidário.

Segundo as informações prestadas, todos poderão usufruir do hospital, no entanto cada um usufruirá com condições diferentes. O objetivo inicial era o de existirem quatro tabelas de preços: “uma para o público geral, outra para os associados e colaboradores da SOS Animal e as duas últimas para pessoas carenciadas, devidamente sinalizadas”. Informações atuais indicam que afinal só existirão três tabelas, mas para mais informações é necessário visitar o hospital. De acordo com o código deontológico da Ordem dos Médicos Veterinários não podem existir informações sobre preços, de forma que esta divulgação não seja interpretada como publicidade. Assim, é necessário a visita ao hospital para se obter mais informações.

Sandra Duarte é ainda presidente da organização não-governamental (ONG) SOS animal, uma associação que tem como objectivo resgatar e recolher animais mal tratados.

Após ter inaugurado este hospital solidário, Sandra Duarte tem como objetivos para o futuro o desenvolvimento de vários outros projetos, entre os quais se pode destacar o projeto “Animais de carinho” e “Família de Acolhimento Sénior ” (FAT). No primeiro caso o objectivo será “levar animais ao centro de seniores”; o segundo caso, e como o nome indica, consiste em seniores acolherem nas suas casas temporariamente um animal da instituição.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s