Uma nova tenda para um novo circo

circoPúblico

O festival já existia, a tenda fixa não: é já este domingo, no último dia do Vaudeville Rendez-Vous, que o Parque da Juventude de Vila Nova de Famalicão recebe, para um baptismo e uma festa de inauguração, a tenda vermelha do Circo Girandum. Aí funcionará a sede mais ou menos permanente de uma nova estrutura dedicada à criação e à difusão de uma disciplina tradicionalmente nómada, as artes do circo, e em particular do seu cruzamento com o teatro, a dança e a música ao vivo.

A ideia é que o Circo Girandum – um circo a sério – possa andar tanto quanto possível em digressão pelo país, parando pelo caminho para ensaiar e mostrar os seus espectáculos e para espalhar as práticas do circo contemporâneo, por vezes formatado para as salas de espectáculo e não necessariamente para o chapitô. Mas há outro aspecto que torna o Circo Girandum um projecto inédito em Portugal: será, garante a organização, o primeiro no país sem números de animais, e rigorosamente vocacionado para a criação de espectáculos próprios, o acolhimento de projectos externos e a formação descentralizada de novos artistas de circo, nos locais onde vier a estacionar.

O baptismo da tenda e a respectiva festa de inauguração estão marcados para as 19h30 deste domingo, encerrando mais uma edição do festival Vaudeville Rendez-Vous, que este ano traz cinco espectáculos ao centro de Famalicão, além de uma programação paralela que inclui filmes com pequeno-almoço, animação de rua, workshops e concertos. A entrada é sempre gratuita.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s