China usa animais vivos para testar toxicidade em Tianjin

naom_55de2d6322c4cNotícias ao Minuto

Nota de Redação: As mais recentes vítimas da tragédia em Tianjin são os animais usados como instrumentos de medição de níveis de toxicidade.

As autoridades chinesas estão a testar os níveis de toxicidade no epicentro das explosões em Tianjin com recurso a coelhos, galinhas e pombos, escreve a Reuters.

Deixados dentro de gaiolas, vivos, durante duas horas, os animais pretendem a testar as condições do ar no local onde se deram as explosões num armazém de produtos químicos, na zona industrial de Tianjin, o maior porto do norte da China.

Amostras de água recolhidas na zona apresentaram um nível de cianeto de sódio 356 vezes superior ao permitido. Várias agências internacionais exibiram ainda imagens de milhares de peixes mortos nas margens de um rio a poucos quilómetros do local.

O número de mortos foi, entretanto, atualizado para 129, entre os quais 70 bombeiros e sete polícias. Ainda estão desaparecidas 44 pessoas e mais de 600 continuam hospitalizadas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s