Espanha: Protestos de defensores dos animais não salvam touro da execução

toro de la vegaYahoo

O touro “Rompesuelas”, de 650kg, foi morto depois de ser perseguido e ferido por lanças ao longo de 20 minutos em uma cidade do centro da Espanha, durante a tradicional festa do “Touro de la Vega”, cada vez mais criticada pelos defensores dos animais.

A perseguição do touro e sua posterior execução ocorreu em meio a tensões entre os partidários e críticos da festividade, que chegaram a se confrontar, segundo um fotógrafo da AFP.

Esta festa espanhola remonta à Idade Média e é celebrada todos os anos em setembro na localidade de Tordesilhas, centro do país. O evento nasceu em 1453, herança dos jogos taurinos medievais, é denunciado todos os anos por defensores dos direitos animais.

Centenas de pessoas armadas com lanças perseguem a cavalo ou a pé um touro bravo pales ruas da cidade fortificada até um ponto em que encurralam o animal, que é morto ferido por todos.

“É uma das maiores crueldade que pode haver no século XXI”, declarou Nacho Novoa, um funcionário administrativo de 59 anos que viajou vários quilômetros de carro com a família para participar no protesto.

O protesto foi organizado pelo Partido Animalista (PACMA), que exige do governo do conservador Mariano Rajoy que acabe de vez com uma festa que considera “tortura, e não cultura”.

A festa, no entanto, é declarada de interesse turístico desde 1980.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s