Creche para cães é uma nova realidade em Portugal

caesNotícias ao Minuto

Fazem parte da família e por isso merecem todas as regalias. Se, em tempos, os animais de estimação eram olhados como apenas isso, hoje em dia são vistos como um elemento da família.

Foi a pensar nessa nova realidade que nasceu, há dois anos, uma creche para caninos. A Cãopreensão está sediada em Mem Martins, nos arredores de Lisboa, e tem cada vez mais adeptos.

Com lotação esgotada e até lista de espera, este ateliê ajuda os animais de quatro patas a passar o dia da melhor maneira, além de os acompanhar nas várias tarefas diárias.

É um serviço novo. Há países onde é muito recorrente, para os animais não passarem o dia inteiro sozinhos em casa”, explicou Íris Lourenço ao Notícias ao Minuto.

O termo creche – aplicado normalmente a bebés e crianças – é o que nos vem à cabeça quando a responsável nos descreve o serviço que presta: “De manhã, vamos buscar os animais a casa e levamo-los novamente ao final do dia, quando os donos regressam do trabalho”.

Entre as 8 horas da manhã e as 18 horas, sensivelmente, os patudos encontram na Cãopreensão profissionais que cuidam da sua higiene, animais para lhes fazerem companhia e atividades lúdicas criadas a pensar neles. A alimentação é providenciada pelos donos.

 

O serviço pode ser contratado tantos dias quanto o cliente entender, o que faz variar o preço do serviço. Creche durante cinco dias por semana para um animal custa sensivelmente 50 euros semanais.

A Cãopreensão conta ainda com um serviço de pet sitting, que ao invés de ser diário é pontual. Quem o contrata não retira o animal de casa o dia inteiro, mas conta com uma ajuda, por exemplo, para as idas ao veterinário.

Dog walker é o nome dado ao serviço que passa por levar um cão a passear em determinadas horas do dia, para que estes possam fazer aas necessidades fisiológicas. Trata-se de um serviço mais barato para o cliente.

Quem vai de férias ou tem uma viagem de trabalho e não tem com quem deixar o seu melhor amigo, encontra na Cãopreensão uma outra solução. A estadia familiar passa por deixar um animal de estimação completamente a cargo de um colaborador durante alguns dias.

Nesta modalidade, o animal passa o dia no ateliê e dorme, à noite, na casa de um funcionário, sem que as suas rotinas diárias se alterem. “Distingue-se dos hotéis porque não deixa os cães fechados em boxes”, salienta Íris Lourenço.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s