Dezasseis animais apreendidos pela GNR por indícios de maus tratos

cao gatoTVI

A Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu esta quarta-feira, em Palmela, 16 animais por indícios de sofrerem maus tratos, tendo o seu detentor sido constituído arguido.

Após triagem e exame físico aos animais, foram apreendidos 15 felídeos e um canídeo, tendo o seu detentor sido constituído arguido”, refere a GNR em comunicado.

A investigação foi conduzida pela Unidade Especializada nos Crimes de Maus Tratos e Abandono a Animais de Companhia de Setúbal, tendo sido efetuada uma busca domiciliária em Palmela, no local onde estavam os animais.

Os felídeos foram encaminhados para acolhimento, assistência imediata e perícia médico-veterinária, por apresentarem sinais de terem sido alvo de maus tratos, e o canídeo ficou à guarda do seu detentor, entretanto nomeado fiel depositário”, acrescenta.

A operação contou com a colaboração dos militares do Destacamento Territorial de Setúbal, do veterinário da Câmara Municipal Palmela e do Delegado de Saúde, bem como uma equipa de peritos da Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s