Condenar os pais que deem uma dieta vegan aos filhos

Fonte: Flickr/LollyKnit

Fonte: Flickr/LollyKnit

Visão

Nota de Redação: Não é de surpreender que uma deputada fascista faça uma proposta destas, mas é de exigir mais isenção e informação entre a comunicação social. Três correções importantes: 1) Usar o termo ” [crianças] obrigadas a adotar uma dieta vegan” presume que as crianças que comem produtos animais escolheram fazê-lo, o que obviamente não é verdade nem poderia ser; 2) Citar o número de crianças veganas que sofrem de carências alimentares sem comparar com o número de crianças não veganas na mesma situação não faz qualquer sentido; 3) É um facto bem estabelecido e reconhecido pela Direção Geral de Saúde que uma dieta vegana é adequada para crianças (ver aqui o relatório).

O tema é polémico: devem ou não as crianças seguir uma dieta vegetariana? E uma dieta vegan? Elvira Savino, eleita pelo partido Forza Italia, presidido por Silvio Berlusconi, entende que não. A deputada propôs uma nova lei que pretende punir os pais que tentem impor uma dieta “vegan” ou “outro comportamento alimentar imprudente ou perigoso” aos seus filhos.

Esta lei, se aprovada, fará com que os pais que alimentem os seus filhos até aos 16 anos com uma dieta considerada “inadequada” sejam punidos com uma pena de prisão que pode ir de um a seis anos.

Conhecida no parlamento como a “lei Savino”, esta lei pretende proteger as crianças dos “comportamentos alimentares imprudentes impostos pelos pais em detrimento dos seus filhos menores”, cita o jornal italiano La Repubblica. Savino pensa que a aprovação desta lei servirá para impedir que as crianças assim não fiquem carentes de receber todos os nutrientes que são necessários para um bom desenvolvimento físico e cognitivo.

“Não há problema se for um adulto consciente e informado a tomar a opção de ser ele a fazer essa dieta. Mas quando uma criança está envolvida, há” – diz Savino.

Savino crê que “na última década tem existido uma tendência em Itália de difundir uma dieta vegetariana ou uma dieta vegan, por ser supostamente saudável”. A lei surge depois de duas crianças italianas terem sido hospitalizadas por carências nutritivas e vitamínicas depois de terem sido obrigadas a adotar dietas vegan pelos seus pais. Outro caso envolve uma mãe que foi convocada a comparecer em tribunal para cozinhar carne ao seu filho pelo menos uma vez por semana.

O jornal inglês The Independent relata que, recentemente, em Itália, quatro crianças já foram retiradas dos cuidados dos seus pais pelos tribunais por suposta malnutrição depois de terem sido obrigadas a adotar uma dieta vegan.

Vários grupos já se insurgiram contra a proposta citando a necessidade de se combater a obesidade infantil em Itália. Cerca de 30% por cento das crianças italianas têm excesso de peso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s