Maltratar e abandonar animais é crime

cao gatoCorreio do Minho

Raçado de castro laboreiro com pitbull, o ‘Fosco’ é um dos focinhos da campanha que o município de Braga tem na rua, numa parceria com a PSP local, e que pretende sensibilizar contra os maus tratos e abandono de animais.

É no colo de dois agentes da PSP, e ao lado de outro cão e de um gato, que ‘Fosco’ cumpre o papel de alertar que abandonar ou maltratar os animais é crime punido no âmbito da lei 69/ /2014.
A iniciativa partiu do município de Braga, através do pelouro do Ambiente, Energia e Desenvolvimento Rural, que desafiou o Comando Distrital de Braga da PSP a envolver-se numa campanha de sensibilização dirigida à população.

“Consideramos que seria interessante envolver a PSP, já que são as forças de segurança que aplicam a lei em vigor” explica o vereador responsável pela campanha, Altino Bessa.

E foi a PSP de Braga que escolheu os agentes e os animais que agora dão rosto à campanha.

Na sequência da criminalização do abandono e maus tratos a animais, “consideramos que a campanha era um contributo importante na sensibilização da população para esta temática” justifica o 2.º comandante distrital de Braga da PSP, intendente Daniel Mendes.

O desafio foi lançado pelo município no início deste ano e a campanha saiu à rua há dias, através de dois outdoors, um colocado junto ao Parque de Campismo da cidade e outro na estrada nacional que liga Braga a Barcelos, e deverá prolongar-se até perto do final do ano.

O objectivo é sensibilizar quem tem animais para os tratar condignamente, refere Altino Bessa, advertindo que “quem os trata mal é melhor não os ter”.

Outra vertente da campanha é sensibilizar os cidadãos para a denúncia. “Se as pessoas tiverem conhecimento de alguma situação de abandono ou maus-tratos a animais devem denunciá-la(s)” apela o vereador municipal do Ambiente.

A campanha serve ainda para informar e lembrar que maltratar, de qualquer forma, ou abandonar um animal é crime.

Aliás, a campanha decorre da própria lei que criminalizou estes comportamentos.

Esta iniciativa de sensibilização não teve custos para o município, acrescenta Altino Bessa, já que, a par da parceria com a PSP, foi encontrado um parceiro que garantiu a impressão dos outdoors.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s