Metade das pessoas que adotam animais desistem no dia seguinte

caesDN

As associações protetoras de animais domésticos querem acabar com a adoção de cães ou gatos por “mero impulso” durante as campanhas promovidas em feiras, após as más experiências acumuladas ao longo dos últimos anos. “Cinquenta por cento das pessoas que aceitam adotar um animal, no dia seguinte já não o querem”, lamenta Sara Alves, responsável de adoção e presidente da Associação Sobreviver de Setúbal. Eis a razão pela qual esta instituição tem recusado entregar cães e gatos nos dias em que decorrem as campanhas, preferindo fazê-lo após posteriores contactos com os adotantes. Continuar a ler

Anúncios

Temporada teve menos touradas este ano

anti touradaDN

O presidente da Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos (APET), Paulo Pessoa de Carvalho, considerou hoje que a temporada taurina decorreu “normalmente” face ao contexto económico do país, apesar de uma “pequena redução” no número de espetáculos.

A época tauromáquica em Portugal, que abre anualmente no dia 01 de fevereiro, no Alentejo, encerra na terça-feira com um espetáculo no Cartaxo, distrito de Santarém. Continuar a ler

O mundo a caminho de perder dois terços dos animais selvagens até 2020

biodiversidadeOeco

De acordo com o mais recente relatório do Living Planet Index, do WWF, o número de animais selvagens que vivem na Terra deverá cair em dois terços até 2020, se nada for feito para reduzir o impacto das ações humanas. A análise do relatório indica que as populações de animais caíram 58% entre 1970 a 2012, com perdas em vias de alcançar 67% em 2020. Os pesquisadores do WWF e do Zoological Society of London elaboraram o relatório a partir de dados científicos e descobriram que a destruição de habitats, a caça e a poluição foram os culpados por tamanho declínio. Continuar a ler

Planeavam torturar uma pessoa e treinavam em animais

porcosDN

A polícia nacional espanhola deteve em Múrcia, Espanha, cinco adolescentes que se filmaram a torturar animais e publicavam os vídeos nas redes sociais. O grupo planeava fazer o mesmo a uma pessoa escolhida ao acaso este mês, no dia do Halloween.

As autoridades começaram a investigar o caso, após terem conhecimento de que andavam a circular vídeos nas redes sociais, em particular no Whatsapp, de animais a serem torturados. Ao mesmo tempo, surgiu a denúncia de um fazendeiro que dizia que algumas das suas cabras tinham sido roubadas, segundo o jornal La Informacion. Continuar a ler

Fotógrafa expõe realidade cruel de animais mantidos em cativeiro para entretenimento

1Extra Globo

A premiada fotógrafa canadense Jo-Anne McArthur registrou, por mais de dez anos, a triste realidade de animais mantidos em cativeiro com o objetivo de despertar a atenção das pessoas. Em parceria com a Born Free Foundation, ela visitou zoológicos e aquários da Europa e documentou a situação dos animais em cativeiro nesses locais.

Munida de imagens poderosas, ela criou o livro “Captive”, que visa conscientizar pessoas sobre a situação dos animais em cativeiro de todo o mundo. Em seus registros, Jo-Anne compartilhou imagens angustiantes dos animais confinados. Continuar a ler

Jovem foi flagrada ‘torturando e matando’ animais e causa revolta na Internet

Fonte: Flickr/starrynight1

Fonte: Flickr/starrynight1

Blasting News

Alina Orlova, de 21 anos, foi detida pela Polícia russa, quando estava se preparando para viajar. A jovem foi denunciada por defensores de animais, depois de terem caído algumas imagens chocantes nas redes sociais, onde a jovem, alegadamente, aparece maltratando vários animais. Apesar da jovem negar essas acusações, contrapondo com utilização de photoshop, a polícia acredita ter reunido provas suficientes para deter essa mulher, pelos crimes de abuso animal. Continuar a ler

Constitucional anula proibição das touradas na Catalunha

tourada bandarilhasDN

Nota de Redação: O Partido Popular espanhol não desistiu enquanto não conseguiu anular a proibição das touradas na Catalunha mas este revés, embora importante do ponto de vista simbólico, terá poucos efeitos práticos. Na altura da proibição, a tourada tinha já desaparecido de todas as cidades exceto Barcelona. Agora que a praça de touros de Barcelona foi transformada num centro comercial, é pouco provável que a realização de touradas na Catalunha seja algo mais que um evento raro.

O Tribunal Constitucional espanhol anulou o acordo do Parlamento catalão de julho de 2010 que proibia as touradas naquela comunidade autonómica. A sentença afirma que a Catalunha pode regular as festas taurinas e proteger os animais, mas não as pode proibir. Juízes tomaram a decisão com oito votos a favor e três contra. Continuar a ler