Temporada teve menos touradas este ano

anti touradaDN

O presidente da Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos (APET), Paulo Pessoa de Carvalho, considerou hoje que a temporada taurina decorreu “normalmente” face ao contexto económico do país, apesar de uma “pequena redução” no número de espetáculos.

A época tauromáquica em Portugal, que abre anualmente no dia 01 de fevereiro, no Alentejo, encerra na terça-feira com um espetáculo no Cartaxo, distrito de Santarém.

“A temporada decorreu normalmente face ao contexto económico que o país atravessa e, apesar de haver uma pequena redução no número espetáculos, o público correspondeu à chamada”, disse o responsável, em declarações à agência Lusa.

Fonte da Associação Nacional de Toureiros (ANdT) adiantou à Lusa que este ano se realizaram 200 espetáculos tauromáquicos em Portugal, menos 15 do que em 2015, situação que Paulo Pessoa de Carvalho encara com “normalidade e dentro do expectável”.

“Penso que o nosso mercado tem que se pautar por este número [200 espetáculos]. É preferível ter este número, com espetáculos bem montados, do que um número superior e com menos qualidade”, defendeu.

Ainda quanto ao número de festejos taurinos, Paulo Pessoa de Carvalho recordou que, nas décadas de 60 e 70 do século passado, realizavam-se, em média, “90 a 100 espetáculos” tauromáquicos em Portugal.

“Há uma subida significativa ao longo dos tempos e este ano o número não foi superior [200 espetáculos] devido ao mau tempo, que conduziu ao cancelamento de muitas corridas de toiros”, disse.

Segundo o empresário, que geriu este ano as praças de toiros de Vila Franca de Xira, Almeirim, Chamusca e Vinhais, desenvolvendo ainda consultoria taurina na praça de toiros de Abiúl, os aficionados “continuam a ser fiéis” e correspondem “em força” quando as empresas apresentam “corridas de marca”.

Para o presidente da APET, a temporada fica também marcada pelo aparecimento de “muitos toureiros jovens” e por uma “boa reação” do público aos espetáculos que envolveram toureio a pé.

A temporada tauromáquica abre todos os anos no dia 01 de fevereiro em Mourão, no distrito de Évora, e encerra a 01 de novembro com um espetáculo no Cartaxo.

Para fechar a época taurina, a praça de toiros do Cartaxo vai acolher na terça-feira, a partir das 16:00, um festival taurino, cujos lucros revertem a favor do Fundo de Assistência do Grupo de Forcados Amadores do Cartaxo.

Em praça vão estar os cavaleiros Carlos Alves, Gonçalo Fernandes, José Carlos Portugal, David Gomes e Soraia Costa, sendo lidados novilhos de Lopes da Costa, enquanto as pegas cabem aos forcados amadores do Cartaxo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s