PAN e Bloco questionam apoio de Turismo de Lisboa a evento tauromáquico

anti touradaNotícias ao Minuto

Em comunicado, o PAN manifesta “enorme surpresa e preocupação” por a ATL apoiar o evento que decorre no sábado no Campo Pequeno, segundo indica o cartaz de promoção do evento.

“Muitos lisboetas têm contactado o PAN por não entenderem o porquê deste apoio institucional à indústria tauromáquica que tem comprovadamente um peso cada vez mais insignificante no panorama dos espetáculos ao vivo em Portugal, sendo já superada pelos eventos de folclore, segundo o Instituto Nacional de Estatística”, assinala o partido.

Num ‘e-mail’ dirigido ao presidente do município lisboeta, Fernando Medina, que preside à ATL, o deputado do PAN na Assembleia da República, André Silva, condena o facto de o programa do evento referir que “este é um momento perfeito para os mais pequenos terem uma introdução à tauromaquia em família”.

“Esta frase diz tudo sobre as intenções de doutrinamento dos mais jovens pela indústria tauromáquica”, observa o deputado, pedindo a Fernando Medina que tome “a única atitude consentânea com os mais altos valores éticos e civilizacionais através dos quais a cidade de Lisboa se deve reger” e retire o “apoio institucional a esta iniciativa baseada na cultura da violência”.

Posição semelhante tem o grupo municipal do BE, que hoje entregou um requerimento sobre o assunto.

No documento dirigido à presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, Helena Roseta, e ao qual a agência Lusa teve acesso, a bancada bloquista defende que “não é possível admitir que o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, através da Associação de Turismo de Lisboa, promova este tipo de atividades na cidade, através de apoios diretos”.

Por isso, o grupo municipal, liderado pelo deputado Ricardo Robles, pede à presidente da Assembleia Municipal de Lisboa que clarifique, junto da Câmara, que tipo de apoio está em causa e se a autarquia pretende, “no âmbito da sua presença na ATL, tomar providências para retirar o apoio a esta iniciativa”.

Estas questões foram também feitas pela Lusa à Câmara de Lisboa, mas fonte oficial da autarquia remete esclarecimentos para a ATL.

Por seu lado, a associação considerou que “não tem de comentar nada”, uma vez que o logótipo da ATL apenas está no cartaz de promoção do evento porque “o Campo Pequeno é um dos associados” desta entidade privada sem fins lucrativos.

O Bullfest, Festival de Cultura Portuguesa, é organizado pela associação Protoiro.

Do programa do evento, que decorre entre as 10:00 e as 21:00, constam atividades como teatro, fado, animação infantil, cinema documental, ‘graffiti’, degustações, demonstrações tauromáquicas e batismos de equitação.

Pelas 17:00, inicia-se o festival taurino na arena do Campo Pequeno, que conta com cavaleiros portugueses e dois toureiros espanhóis.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s