Canis públicos abateram um terço dos animais que acolheram em 2016

canilSIC

Em 2016, foram abatidos perto de 10 mil cães e gatos. O número representa um terço do total dos animais que foram acolhidos pelos canis durante o mesmo período.

De acordo com o Jornal de Notícias, registou-se uma diminuição de seis por cento em relação a 2015, ano em que foram abatidos mais de 12 mil cães e gatos.

Em junho de 2016 foi aprovado o decreto-lei que proíbe o abate de animais de companhia, mas o diploma só entra em vigor em 2018.

Enquanto a proibição não é efetiva, foram dados seis meses às autarquias para alterarem as políticas e apostarem na esterilização e em campanhas de adoção.

Pela primeira vez, os sem abrigo puderam também proteger os seus animais de estimação do frio

cao sem abrigoSapo

Este ano, pela primeira vez, o centro instalado do Casal Vistoso, na freguesia freguesia de Areeiro, esteve também preparado para receber animais. “Verificámos que há cada vez mais população sem abrigo com animais de estimação”, disse o vereador.

Foram instalados dois blocos para acolher animais de estimação, aos quais foi também fornecida alimentação e cuidados veterinários, se necessário. Seis cães foram os estreantes destas instalações. Continuar a ler

PAN diz que abate de animais “está fora de questão” em Castelo Branco

logopanRTP

O deputado do partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) disse hoje que o abate de animais em Castelo Branco está fora de questão, garantia que lhe foi dada durante uma reunião com o presidente da Câmara local.

“O senhor presidente e o executivo de Castelo Branco pretendem continuar com a política vigente de proteção e bem-estar animal que sempre existiu no municipio, ou seja, os abates estão fora de questão”, afirmou André Silva à agência Lusa. Continuar a ler

Vem aí a linha telefónica Saúde 24 para animais

gato ambulancia vetPT Jornal

Nesta quarta-feira fica disponível a Linha Saúde Animal 24, através do número 760 450 911. Através de um telefonema, os donos poderão entrar em contacto com um veterinário e recolher aconselhamento médico.

A Linha Saúde Animal 24 arranca nesta quarta-feira, para facilitar o cuidado médico urgente em animais. Mas esse não é o único objetivo. Continuar a ler

Zoófila apaga 65 velas à procura de verbas que “nunca chegam” para salvar animais

uniao-zoofilaObservador

Com cada vez mais cães e gatos abandonados, a União Zoófila assinala o seu 65º aniversário com um jantar de beneficência para cerca de 200 participantes, este sábado, para ajudar a angariar os fundos que “nunca chegam”, segundo a presidente da instituição.

O jantar decorrerá no Salão Paroquial da Igreja Matriz da Amadora e é uma oportunidade para, quem quiser, conhecer um pouco mais da instituição, além de a ajudar”, disse Luísa Barroso à agência Lusa. Continuar a ler

Queima do gato. Dona do animal condenada a multa de 450 euros

queima-do-gatoDN

A dona do animal usado na “queima do gato”, em Mourão, Vila Flor, foi hoje condenada ao pagamento de uma multa de 450 euros.

O Tribunal entendeu condenar Rosa Santos, de 64 anos, a uma pena de multa de 90 dias, a cinco euros por dia, o que perfaz 450 euros. O juiz que leu a sentença, no tribunal de Vila Flor, esclareceu que a multa pode ser paga ou substituída por trabalho a favor da comunidade. Continuar a ler