Afundou dois navios em Portugal em nome da defesa das baleias

sea shepherdJN

Por Cristiano Pereira

É um dos mais memoráveis episódios da história do ativismo ambientalista na defesa dos oceanos. Na viragem da década de 70 para 80, o canadiano Paul Watson declarou guerra aos caçadores de baleias e afundou dois navios em Portugal.

A operação marcou o início das missões da Sea Shepherd. Aqui se relata o que aconteceu. E o autor da proeza conta tudo ao JN.

Dizia-se que o arpão daquele navio já tinha dizimado mais de 25 mil baleias mas ninguém sabia exatamente quem seria o seu proprietário. Chegavam denúncias, daqui e dali, dando conta das suas implacáveis ações e dos seus arrepiantes métodos de extermínio. A tripulação do navio Sierra chacinava famílias inteiras de baleias, incluindo as crias, e o seu procedimento era aniquilar todo ou qualquer cetáceo que se lhe deparasse. A meio da década de 70 torna-se no alvo prioritário dos ambientalistas. Continuar a ler

Anúncios

Fundo dos Animais Selvagens elege lince-ibérico como o melhor de 2015

fapasDN

O Fundo para a Proteção dos Animais Selvagens (FAPAS) elegeu hoje a reintrodução do lince ibérico em Portugal e a chegada do novo navio de investigação do Estado como factos positivos que marcaram o ano.

Pela negativa, o FAPAS destaca a adoção do regime de arborização e rearborização, que considera desastrosa, o exagero na utilização de produtos químicos e os danos causados pelas novas barragens. Continuar a ler

Cerca de 300 pessoas juntam-se em Lisboa pela defesa dos animais

Logo AnimalPúblico

Cerca de 300 pessoas juntaram-se neste sábado, em Lisboa, pela defesa dos direitos dos animais, numa iniciativa organizada pela associação Animal, que quer o termo do financiamento das touradas pelo Estado e o fim dos animais nos circos.

Em declarações à agência Lusa, a presidente da associação Animal, Rita Silva, explicou que esta é uma iniciativa organizada anualmente, que tem como grande objectivo mostrar que a defesa dos direitos dos animais não é uma causa menor. Continuar a ler

Marcha em defesa dos animais juntou dezenas de pessoas na Praça do Comércio

Logo AnimalObservador

Dezenas de pessoas, algumas delas trazendo consigo os animais de estimação, manifestaram-se este sábado em Lisboa pedindo maior e melhor proteção para os animais em Portugal e alterações legislativas que permitam alcançar esse objetivo.

Promovida pela Associação Animal, a iniciativa, realizada na Praça do Comércio junto à estátua do rei D. José, contou com atuações de música e dança, bem como com intervenções de dirigentes de diversos grupos e associações de defesa dos direitos dos animais. Continuar a ler

Marcha ANIMAL como nunca a vimos

Logo AnimalBlasting News

À semelhança de anos anteriores, a ANIMAL – ONG Portuguesa de Defesa dos Direitos dos Animais – encontra-se a organizar a nova edição daquele que é um evento de referência no que à defesa dos direitos dos animais diz respeito. E se nas edições anteriores a palavra de ordem era “marchar”, reivindicando pelos direitos e proteção dos animais, este ano o programa é diferente. Não se marcha, mas o objetivo mantém-se o mesmo. Continuar a ler

Ajude a salvar os chimpanzés Nikki e Amadeus

macaco a pensarPPL Causas

O santuário Chimp Eden, gerido pelo Instituto Jane Goodall, foi criado em 2006 e é o primeiro e único santuário de chimpanzés na África do Sul. Situado na bela Reserva Natural Umhloti de com 1.000 hectares, este santuário abriga chimpanzés que foram retirados dos seus habitats naturais em África. O objetivo do santuário de chimpanzés é o de resgatar chimpanzés que sobreviveram ao comércio de carne, ficaram órfãos ou foram resgatados do mercado do comércio ilegal.

O santuário é formado por recintos vedados de grande dimensão. Contudo, no passado dia 25 de abril de 2014, 2 chimpanzés adultos (o Nikki e o Amadeus) escaparam por uma vedação e atacaram um membro da equipa do santuário. As autoridades sul-africanas decretaram que o Santuário deverá construir um novo recinto totalmente fechado para abrigar estes chimpanzés, sem o qual a única solução passará pela eutanásia dos animais. Continuar a ler

Vida Animal marca presença na International Animal Rights Conference

vida animalVida Animal

Na passada semana, entre 11 e 14 de Setembro, teve lugar no Luxemburgo a quarta edição da International Animal Rights Conference, onde a Vida Animal esteve representada pelo seu presidente, Jorge Ribeiro, e vice-presidente, Fernanda Roxo. Depois de 2012 e 2013, é a terceira vez consecutiva que a Vida Animal marca presença neste evento.

De nomes sonantes na causa animal, como Peter Young or Sharon Nuñez, a activistas menos conhecidos mas igualmente dedicados, tivemos a oportunidade de ouvir filósofos, juristas, activistas de terreno, gestores de santuários e muitos outros palestrantes dos mais diversos países, de todos os continentes. Foram, mais uma vez, quatro dias de intensa aprendizagem e convívio, em que partilhámos experiências e debatemos ideias e estratégias com o objectivo de fazermos cada vez mais e melhor em defesa dos animais. Quem não pode estar presente, pode agora ver a maioria das palestras em vídeo no Vegan Kanal.

É sempre inspirador ouvir falar das conquistas atingidas por defensores dos animais nos quatro cantos do mundo, e extremamente revigorante estar entre pessoas que partilham dos nossos ideais e se dedicam a eles de alma e coração. Em 2015, lá estaremos novamente.