Raças perigosas ou leis perigosas?

DSC00806Não temos raças perigosas, temos leis perigosas. Esta foi a conclusão de um debate organizado pelo Espaço NOA, em conjunto com a SPEdH – Sociedade Portuguesa para a Educação Humanitária e a UCA – Universitários pela Causa Animal, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Isabel Ramos, da União Zoófila (UZ), partilhou com a audiência várias histórias de cães alvo de maus tratos recebidos por esta associação. Com muito empenho e dedicação, cães que seriam considerados uma “causa perdida” por muitos canis municipais e abatidos são reabilitados e acarinhados pelos voluntários da UZ, sendo depois encaminhados para adoção.

A voluntária e ativista referiu ainda como a sua experiência na UZ lhe permitiu conhecer melhor as diversas raças. Hoje, pode afirmar com conhecimento de causa que é geralmente mais fácil levar um pitbull a uma consulta veterinária que um caniche. Continuar a ler

Anúncios